Cada vez mais afastados (desemprego na zona euro)

Cada vez mais afastados (desemprego na zona euro)

A taxa de desemprego na zona do euro tem-se situado nos dois dígitos desde setembro de 2009, com a exceção de uma breve descida para 9,9% em abril de 2011.

Não é o que se passa na Alemanha. O desemprego na maior economia da região manteve-se no mínimo histórico de 6,2% em março, de acordo com a metodologia própria do país (o Eurostat calcula o valor em 4,3% em janeiro).

Ao mesmo tempo, em janeiro Portugal teve uma taxa de 12,2% e a vizinha Espanha de 20,5%. O desemprego de mais de 30% entre os jovens em alguns países foi apelidado de “tragédia” por Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu, que está a injetar dinheiro na economia para tentar reanimar o crescimento e a inflação.

Fonte: Bloomberg

01-04-2016


Portal da Liderança