Ferreira de Oliveira: Infelizmente temos mais chefes gestores que líderes

Watch the video

Ferreira de Oliveira: Infelizmente temos mais chefes gestores que líderes

À luz do Best Leader Awards* Portugal, falámos com Manuel Ferreira de Oliveira, CEO da GALP. Referindo-se à liderança em Portugal, referiu que temos "mais chefes gestores do que líderes" e que "um dos atributos de qualquer pessoa que pretenda liderar é a transparência".

Portal da Liderança (PL): Como classifica a sociedade portuguesa em termos de capacidade de liderança?

Manuel Ferreira de Oliveira (FO): Nós, infelizmente, temos mais chefes gestores do que líderes. A verdade é que a cultura de uma liderança qualificada tem vindo a ser desenvolvida por muitas instituições e empresas e começa a sentir-se um progresso enorme na cultura de liderança do nosso país.

PL: Que conselho deixa para os jovens líderes de Portugal?

FO: Primeiro é que entendam o que é ser líder. Líder é ser um dinamizador de uma equipa, uma pessoa que é capaz de pensar a curto, a médio e a longo prazo em simultâneo e que tem em si energia suficiente para fazer o que diz que quer fazer e levar os outros a acompanhá-lo nessas grandes tarefas.

PL: Como pensa ser a melhor forma de um líder reagir ao erro?

FO: Reconhecê-lo. Um dos atributos de qualquer pessoa que pretende liderar é a transparência e não há ninguém que seja perfeito e o reconhecimento imediato dos erros é a melhor forma de exprimir os fundamentos da sua transparência.

 

*O Best Leader Awards é uma iniciativa promovida pela Leadership Business Consulting, que visa distinguir anualmente as personalidades que se destacaram como “Líderes” em vários domínios. O Best Leader Awards é uma TradeMark registada internacionalmente.

 


Ferreira-de-Oliveira-GALPManuel Ferreira de Oliveira é o vice-presidente do Conselho de Administração da Galp Energia desde abril de 2006 e presidente executivo da Galp Energia desde janeiro de 2007. Antes de ingressar na Galp Energia, foi presidente do Conselho de Administração e presidente executivo da Unicer – Bebidas de Portugal, SGPS, S.A. entre 2000 e 2006, presidente do Conselho de Administração e presidente executivo da Petrogal de 1995 a 2000, de 1980 a 1995 teve responsabilidades executivas na Lagoven, S.A. (participada da Petróleos de Venezuela, S.A. – PDVSA, ex-Creole Petroleum Corporation, subsidiária da Exxon), nas áreas de Produção, Refinação, Comércio Internacional e Planeamento Corporativo, incluindo responsabilidades como CEO e/ou membro do Conselho de Administração da BP Bitor Energy (Londres), Nynäs Petroleum (Estocolmo), Ruhr Oil (Dusseldorf) e PDV Serviços (Haia). Entre outras funções não executivas que exerce é, atualmente, vice-presidente do Conselho Geral da Universidade do Porto. Ferreira de Oliveira é licenciado em engenharia eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, possui o grau de Master of Science (MSc) em Energia pela Universidade de Manchester, é Doutorado (PhD) também na área de Energia pela mesma Universidade e obteve o grau de Professor Agregado pela Universidade do Porto, onde, em 1979, se tornou Professor Catedrático; a sua formação em Gestão teve lugar, essencialmente, em programas do IMD – Suíça, da Harvard e da Wharton Business School – USA.