Cristina Dourado: O privado tem condições para prestar um serviço de qualidade e com custo muito baixo

Watch the video

Cristina Dourado: O privado tem condições para prestar um serviço de qualidade e com custo muito baixo

Para Cristina Dourado, Administradora Delegada da Fertagus, "o operador privado tem condições para prestar um serviço de muita qualidade e com custo muito baixo para o contribuinte", mas que o "transporte público não tem sustentabilidade em zonas de muito baixa densidade".

Entrevista cedida no âmbito da 3ª Conferência do Ciclo de Conferências 2014 - Sociedade e Transportes, promovida pela SEDES.

Portal da Liderança (PL): Quais os principais desafios que se colocam ao setor dos transportes privados em Portugal?

Alguns destaques:

Conseguirem garantir a sobrevivência das empresas. 

PL: E à sua administração?

Alguns destaques:
Conseguir demonstrar a capacidade que os operadores privados têm para conseguir promover o transporte público. 

O operador privado tem condições para prestar um serviço de muita qualidade e com custo muito baixo para o contribuinte.

PL: Como pode o setor dos transportes contribuir para o desenvolvimento do espaço territorial?

Alguns destaques:
É essencial fazer o planeamento dos transportes públicos de forma integrado com todas as outras redes existentes.

O transporte público não tem sustentabilidade em zonas de muito baixa densidade.

PL: Qual a situação com que mais aprendeu em termos de liderança? 

Alguns destaques:
São momentos em que senti um espírito de equipa e de ajuda muito grande e muito compensador.

Para mim a liderança é fazer com que as pessoas se sintam felizes a trabalharem para um objetivo comum.

 


Cristina-Dourado-FertagusAna Cristina Dourado é Administradora Delegada da Fertagus, dispondo de um Msc em Information Management pelo INETI.