Kauxique Maganlal: Temos de incutir em Moçambique o espírito de confiança que existe em Silicon Valley

Watch the video

Kauxique Maganlal: Temos de incutir em Moçambique o espírito de confiança que existe em Silicon Valley

Kauxique Maganlal, diretor de IT do Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique, acredita que "No continente africano, a partilha de informação é um pouco diferente", mas que "Não podemos ter Moçambique isolado do resto do mundo" e que "Temos de incutir o espírito de confiança que existe em Silicon Valley".     

Kauxique Maganlal cedeu esta entrevista no âmbito da sua participação no Programa para Executivos em Silicon Valley, Global Strategic Innovation.

Portal da Liderança (PL): Quais os grandes desafios que se lhe colocam? 




Alguns destaques:
É preciso incutir desde criança o espírito de inovação. 
Em Moçambique temos ensino bilingue nos dois primeiros anos de escolaridade.

PL: O que levou da sua experiência de formação para executivos em Silicon Valley?




Alguns destaques:
A partilha é o segredo do sucesso. 
No continente africano a partilha de informação é um pouco diferente. 
Em Silicon Valley podem-se partilhar ideias e junto com um parceiro moldarem a peça. 
Temos de incutir em Moçambique o espírito de confiança que existe em Silicon Valley.


PL: O que mais o marcou na sua experiência para executivos que fez em Silicon Valley?




Alguns destaques:
Glasgow posiciona-se no Reino Unido apenas devido à inovação. 
Aprender sobre inovação é muito importante para a futura geração que aí vem.

PL: Quais os principais desafios que se colocam ao nível da educação dos moçambicanos? 

Alguns destaques:
O sistema moçambicano tem neste momento 7.4 milhões de estudantes e 18 mil escolas. 
Temos o grande desafio de melhorar a qualidade de ensino. 
Não podemos ter Moçambique isolado do resto do mundo.


PL: O que necessitam os líderes moçambicanos para serem mais eficazes e bem-sucedidos?

Alguns destaques:
Tenho orgulho em Moçambique.
Do Presidente da República aos dirigentes, todos dão a maior importância à educação.
A maior parte do orçamento de Estado é aplicada no setor da educação. 
Todos os dirigentes acreditam que a educação é o caminho para o desenvolvimento do país.


PL: Como resume os três principais desafios que se colocam neste momento no setor? 

 

Kauxique-Maganlal-mocambique-IT-Director-EducacaoKauxique Maganlal conta com mais de 24 anos de experiência no setor das tecnologias de informação, em áreas como a arquitetura de software e a programação no âmbito da administração pública. Desde 1988 que é diretor de IT do Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique, sendo responsável pelo projeto SchoolNet Mozambique, encontrando-se a implementar o Plano Tecnológico para a Educação no Ministério da educação que integra.