A importância da presença no desenvolvimento do carisma do líder

Watch the video

A importância da presença no desenvolvimento do carisma do líder

Olivia Fox Cabane, especialista em carisma e liderança e coacher dos executivos das empresas Fortune 500, fala-nos sobre a importância da presença do líder enquanto aspeto mais importante e central do desenvolvimento do seu carisma.  

De acordo com Cabane, a presença que um líder tem e o impacto que gera no seu interlocutor, é fundamental no desenvolvimento do seu carisma. E dá como exemplo Collin Powell, Condoleezza Rise ou Dalai Lama, personalidades cuja presença é descrita como extraordinária por quem com eles priva. Bill Clinton é igualmente referido como um líder detentor de carisma, gerando em quem com ele fala uma sensação de estar completamente focado na pessoa, ao dar-lhe toda a sua atenção e ao transmitir-lhe uma sensação de bem-estar durante o encontro.

Cabane diz-nos que quando estamos parcialmente presentes, quando dividimos a nossa atenção com mais algum pensamento, o nosso interlocutor tem essa perceção. Segundo esta, as pessoas têm a capacidade de ler sinais faciais a cada 17 milissegundos, pelo que qualquer desfasamento no tempo de reação facial é detetado e gerador de um sentimento de falta de autenticidade, o que arruína a confiança previamente existente.

Como se consegue então ganhar presença? Olivia Foz Cabane deixa-nos duas simples mas, segundo a mesma, eficazes sugestões:

- Concentre-se por um segundo na sensação física dos seus dedos dos pés. Este simples exercício permitir-lhe-á focar-se fisicamente no presente e passar a sensação ao seu interlocutor de que está 100% com ele.

- Concentre-se por poucos segundos nos olhos do seu interlocutor e repare no espectro de cores que este apresenta. Desta forma concentrar-se-á na pessoa em causa e passar-lhe-á a sensação de ligação e real interesse pelo que fala.

 

Olivia Fox Cabane é oradora habitual e coacher dos executivos da lista Fortune 500, ajudando-os a serem mais persuasivos, influentes e inspiradores. Conhecida como a “fazedora de estrelas”, é reconhecida pela sua notável capacidade de aplicar pragmaticamente as últimas descobertas no campo da ciência comportamental às necessidades do dia a dia dos líderes, potenciando assim a sua produtividade, eficácia e eficiência num mundo em constante mudança. É colunista da Forbes e do Huffington Post, sendo presença habitual no The New York Times, Bloomberg ou BusinessWeek. O seu primeiro livro, “The Charisma Myth: How Anyone Can Master the Art and Science of Personal Magnetism”, teve a sua segunda edição ainda antes de ser sido lançado. Olivia foi palestrante em Stanford, Yale, Harvard, MIT, Marine Corps War College e nas Nações Unidas.