O que fazer para reter os seus melhores colaboradores?


R ichard Branson, fundador e líder do grupo Virgin, que emprega atualmente cerca de 65 mil pessoas em todo o mundo, apontou recentemente três formas que acredita permitir consegui-lo.   

Richard Branson employees
Branson disse ao entrepreneur.com que acredita que estes três cuidados poderão impedir que o pior aconteça, ou seja, ver os talentos que recrutou e desenvolveu deixarem a organização quando estão a gerar resultados.

1. Liberdade

“É necessário que dê liberdade às pessoas para serem criativas, apresentarem as suas ideias e tornarem-nas em realidade. Caso alguém lhe apresente uma ideia de negócio porque não convidá-la a criar uma start-up? Ao longo dos anos, algumas das ideias dos meus colaboradores deram a origem a muitas das nossas empresas. Isto ajudou-nos a entrar em novos mercados e com uma elevada taxa de sucesso. A sua empresa deve atuar como trampolim para os colaboradores com ambições, não como um par de grilhões.

2. Clarividência

“Isto é importante nos negócios: Não espere que os seus colaboradores lhe venham dizer que estão de saída antes de ter começado a pensar em quais os objeticos deles e o que os mantém felizes – isto deve constar no seu plano de contratações. Antes de avançar com a contratação de um novo colaborador, tenha a certeza de ter pensado na forma como os objetivos de carreira dessa pessoa se encaixam na sua organização. Caso não se encaixem é provável que vão trabalhem juntos por pouco tempo.

3. Não entre em pânico

Richard Branson employees1“Se tem alguém no seu staff que está realmente a florescer, este pode bem chegar ao ponto de querer tornar-se no seu próprio chefe e quando isso acontece, não pode culpar ninguém. Como qualquer empresário lhe dirá, não há nada semelhante a gerir o seu próprio negócio. Esta é uma oportunidade para a sua empresa e não um retrocesso. Trazer alguém para esse nível proporcionar-lhe-á uma nova perspetivas sobre o negócio e a oportunidade de aumentar as competências e talentos.

Mas e se o colaborador já está de partida para uma empresa da concorrência ou para começar o seu próprio negócio?

Richard Branson diz-nos que nesse caso, o que poderá fazer é desejar à pessoa um sentido "boa sorte” e pensar que o mundo dá muitas voltas e que algum dia poderá “decidir fazer negócio com esse mesmo colaborador”.

Fonte: Virgin


RichardBransonSir Richard Branson, empresário britânico fundador do grupo Virgin. Os seus investimentos vão da música à aviação, vestuário, biocombustíveis e até viagens aeroespaciais. Richard Branson é o 245º homem mais rico do mundo segundo a revista Forbes, e a sua fortuna, em 2008, foi avaliada em 4,2 bilhões de dólares. Branson é disléxico e desistiu da escola aos 16 anos.


[Leia aqui mais artigos]                                                                               [Topo]

blog comments powered by Disqus
Novidades
Criado em 27/02/2015, 10:25
os-conflitos-interiores-que-nos-condicionam-como-lideres-camilo-lourenco  Há duas semanas fizemos aqui a pergunta “Você é Líder”? Era uma forma de questionar se,...
Criado em 26/02/2015, 17:39
licoes-de-lideranca-numa-dinamica-de-constante-mutacao-75-anos-de-historia-na-projecao-do-futuro  Liderar nunca é um processo fácil. Requer audácia, atenção, estratégia, dinâmica e labor....
Criado em 25/02/2015, 21:03
e-liderar-um-instrumento-de-paz-nuno-olim-marote  Quando recebi o convite do Portal de Liderança para integrar esta coluna de “jovens...
Criado em 25/02/2015, 18:54
aprender-sobre-lideranca-com-livros-de-gestao-ou-com-romances-joao-vieira-da-cunha  Quando tinha 21 anos, fui fazer um ano de Erasmus a Antuérpia. Num grupo de trabalho, um dos...
Criado em 25/02/2015, 16:33
tal-ben-shahar Tal Ben-Shahar, conhecido especialista em Psicologia da Liderança e Psicologia Positiva de...

Apoio:http://www.portaldalideranca.pt/logos_apoios.png